+ Política

Por Veja em 24/11/2017

Aprovação a Huck para presidente dispara e chega a 60%, diz pesquisa Ipsos

Apresentador da TV Globo teve salto de 17 pontos em apenas cinco meses; atrás dele, Sergio Moro, Lula, Joaquim Barbosa e Marina Silva completam o 'top 5'<br />

Divulgação -

Um estudo elaborado pelo instituto Ipsos, a pedido do jornal O Estado de S.Paulo, trouxe nesta quinta-feira a medida de aprovação e desaprovação da conduta de 23 personalidades brasileiras. Cada vez mais falado como um possível candidato à Presidência da República, o apresentador de TV Luciano Huck viu um salto de 17 pontos porcentuais na sua aprovação pessoal entre as duas vezes que foi inserido na pesquisa, em junho e, agora, em novembro.

No levantamento do primeiro semestre, Huck era aprovado por 43% dos brasileiros e reprovado por 40%. Agora, o índice de apoio ao comandante do Caldeirão do Huck , da Globo, subiu para 60% e a reprovação caiu para 32%. Ou seja, a diferença entre os que aprovam e os que não aprovam o apresentador passou de 3 pontos para 28 pontos em apenas cinco meses.

Ele ainda não assume abertamente a intenção de disputar o Planalto, mas já afirmou, em artigos publicados sobre o assunto, que tem interesse de participar mais da política brasileira nos próximos anos. Segundo a coluna Radar On-Line, Luciano Huck já recebeu um ultimato da Globo: se quiser ser candidato, ele e a mulher, Angélica, apresentadora de um quadro no Video Show, saem do ar no final do ano e não voltam caso ele não seja eleito.

Com índices de aprovação próximos aos de Huck, nomes do Judiciário que também nunca disputaram eleições. O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em primeira instância, aparece com 50%. Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator do caso Mensalão, 42%.

Entre os candidatos que já estão no páreo, o único que encontra resultado parecido é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que supera de leve Barbosa e é a terceira personalidade mais apoiada, com 43%. Na sequência, os demais candidatos que aparecem com maior intenção de votos nas pesquisas, a ex-senadora Marina Silva (Rede-AC), aprovada por 35%, e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), defendido por 24% dos entrevistados.

Os três, no entanto, tem índices de reprovação mais altos que Huck, Moro e Barbosa. Bolsonaro tem a conduta rejeitada por 60%, Lula e Marina, 56%. No caso de Moro, são 45% e de Barbosa, 41%,.

Os mais aprovados pelos brasileiros

1º) Luciano Huck, apresentador de TV – 60%
2º) Sergio Moro, juiz federal – 50%
3º) Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente (PT) – 43%
4º) Joaquim Barbosa, ex-presidente do STF – 42%
5ª) Marina Silva, ex-senadora (Rede-AC) – 35%
6ª) Cármen Lúcia, presidente do STF – 26%
7º) Jair Bolsonaro, deputado (PSC-RJ) e Geraldo Alckmin, governador de São Paulo (PSDB) – 24%
9º) Ciro Gomes, ex-governador do Ceará (PDT) – 21%
10ª) Dilma Rousseff, ex-presidente (PT) – 20%
11º) João Doria, prefeito de São Paulo (PSDB) – 19%
12º) José Serra, senador (PSDB-SP) – 17%
13º) Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente (PSDB) – 16%
14º) Edson Fachin, ministro do STF – 13%
15º) Deltan Dallagnol, procurador da República – 9%
16º) Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo (PT) e Henrique Meirelles, ministro da Fazenda (PSD) – 7%
18º) Rodrigo Maia, presidente da Câmara (DEM-RJ) – 6%
19º) Aécio Neves, senador (PSDB-MG) – 5%
20º) Michel Temer, presidente (PMDB) – 4%
21º) Renan Calheiros, senador (PMDB-AL), Eduardo Cunha, ex-deputado (PMDB-RJ) e Gilmar Mendes, ministro do STF – 3%

CANAIS





Artigos
Câmara Municipal
Cidades
De Olho no Emprego
Economia
Entretenimento
Esporte
Internacional
Moda
Mundo Pop
Notícias
Novelas
O que determina que primeiro de maio seja o dia do Trabalho em sua opinião?
Polícia
Política
Prefeitura Banner
Região
Saúde
Tecnologia
Três Lagoas
COLUNAS
Culinária
Mundo Pop
Esportes
Moda
CONTATO
(67) 3524 2129 / 3524 2868
contato@radiodifusora1250.com.br
LOCALIZAÇÃO
Rua Tiburcia Queiroz Monteiro, 850 - Santos Dumont
Três Lagoas / MS