+ Notícias

Por Carlos Henrique com informações Campo Grande News em 08/06/2018

Vídeo mostra policial agredindo idosa e família denuncia caso à Corregedoria

Vídeo gravado pela nora da diarista mostra o momento em que ela cai ao chão após ser segurada pelo pescoço e empurrada para longe da viatura

Reproduçao/Campo Grande News -

Uma diarista de 57 anos registrou denúncia na Corregedoria da Polícia Militar após ter sido agredida por um policial, na tarde de ontem (6), no bairro Morado do Sol, em Campo Grande. Segundo a mulher, identificada como Maria de Fátima Ribeiro Alves, o caso aconteceu por volta das 14h, durante a prisão de um de seus filhos. A abordagem aconteceu em frente da casa onde ela mora, na rua Jurupuju.

A ação do PM foi filmada pela nora da vítima e as imagens têm circulado na internet, nesta quarta-feira (7). O vídeo (assista abaixo), com quase 2 minutos de duração, mostra o momento em que os policiais prendem Ricardo Ribeiro, de 30 anos, que cumpria pena no regime semiaberto da Capital, mas há uma semana não retornava para o local.

Logo no início do vídeo, uma das pessoas, aparentemente o rapaz conduzido, chega a questionar os policiais: "Você vai bater na minha mãe?". Visivelmente nervosa e chorando a vítima acompanha o momento em que Ricardo entra na viatura. Ela só se afasta do veículo após um dos militares agarra-la pelo pescoço e, arremessa-la para trás, o que acabou provocando a queda da mulher.

Em seguida, a nora da vítima avisa estar filmando a situação e um dos policias chega a pedir que o aparelho celular usado seja entregue, mas a mulher corre para se afastar do local. "Olha aqui gente, polícia e olha o que fizeram com a idosa", grita a mulher que registrou o momento. Ao se aproximar novamente do local, é possível ver a vítima recebendo ajuda de familiares para se levantar.

Por conta da queda, a mulher sofreu um corte no pé direito, ferimentos nas pernas e afirma sentir dores em um dos ombros. Ao Campo Grande News, ela revelou que já registrou denúncia na Corregedoria da PM e que amanhã passará por exame de corpo de delito.

O Comando Geral da Polícia Militar afirmou, por meio de nota, que não "coaduna com nenhum tipo de desvio de conduta por parte de seus policiais militares" e, em relação ao vídeo, a "PMMS vai proceder a apuração dos fatos".

ASSISTA O VIDEO AQUI

Violência - Mãe de sete filhos e morando há 25 anos no bairro, Maria de Fátima afirmou ter recebido apoio de vizinhos e até mesmo de internautas. Apesar disso, segundo ela, as abordagens policiais na região são, na maioria das vezes, violentas. "No bairro, todo mundo tem medo de polícia, porque eles já chegam na violência. Mas eu não tenho medo porque não está certo policial bater e ficar por isso mesmo. Eu não sou bandida", afirmou.

Direto das Ruas – A sugestão de reportagem chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

CANAIS





Artigos
Câmara Municipal
Cidades
De Olho no Emprego
Economia
Entretenimento
Esporte
Internacional
Moda
Mundo Pop
Notícias
Novelas
O que determina que primeiro de maio seja o dia do Trabalho em sua opinião?
Polícia
Política
Prefeitura Banner
Região
Saúde
Tecnologia
Três Lagoas
COLUNAS
Culinária
Mundo Pop
Esportes
Moda
CONTATO
(67) 3524 2129 / 3524 2868
contato@radiodifusora1250.com.br
LOCALIZAÇÃO
Rua Tiburcia Queiroz Monteiro, 850 - Santos Dumont
Três Lagoas / MS